9 anos do CRM Patrícia Esber/Canoas

Há exatamente 9 anos abria o Centro de Referência para Mulheres Vítimas de Violência Patrícia Esber, de Canoas. O Coletivo Feminino Plural assumiu o compromisso pela sua implantação e posteriormente a implementação do projeto que já atendeu a 4800 mulheres. Iluminado pela Lei Maria da Penha, o CRM atua em rede, e ao longo dos anos, numa perspectiva feminista, adotou as melhores metodologias, reconhecidas nacionalmente. Temos orgulho de estar ao lado das mulheres e agora, também das meninas, quando suas vidas são atingidas pela violência. Como sempre dissemos, no CRM a violência não entra!

Coletivo Feminino Plural.

Imagem de duas publicações do Coletivo Feminino Plural.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support