Sobre Enid Backes

Enid Diva Marx Backes, 85 anos, é socióloga e militante de movimentos sociais, tendo participado das lutas pela redemocratização do país, pela anistia, e de trabalhadoras e trabalhadores ligados a sindicatos. Em 1982, foi candidata a deputada estadual pelo Partido dos Trabalhadores (PT), partido do qual é uma das fundadoras.

Pela sua atuação como precursora do movimento feminista no Rio Grande do Sul, ainda nos anos 1970, foi escolhida por Tarso Genro – à época, prefeito de Porto Alegre – para liderar a primeira Coordenadoria Municipal da Mulher no Estado. O histórico de defesa dos direitos humanos, e sobretudo dos direitos da mulher, levaram o Coletivo Feminino Plural a dar seu nome ao acervo – pioneiro no Estado ao dedicar-se às obras feministas.

O Acervo Feminista Enid Backes é fruto de uma coleção rica e interdisciplinar construída pelo Coletivo Feminino Plural ao longo de duas décadas de ativismo feminista. Visa contribuir para o empoderamento das mulheres e das meninas, promovendo seus direitos humanos e sua cidadania plena, com respeito às diferenças e à justiça social. Contou com a parceria da Fundação Luterana de Diaconia para a organização bibliográfica e o apoio do Ponto de Cultura Feminista: Corpo, Arte e Expressão na aquisição de obras.

O Coletivo Feminino Plural vem investindo na formação de novos quadros feministas e na ampla capacitação de mulheres e jovens para o ativismo e empoderamento pessoal e coletivo. O objetivo é promover uma renovação cultural e geracional de qualidade na luta pelos direitos das mulheres.

A dimensão da Cultura é um componente essencial na defesa dos direitos humanos das mulheres. O acervo feminista da entidade pretende homenagear a feminista histórica Enid Backes, com ações educativas, oficinas, grupos de estudos e seminários, sobre os temas de direitos humanos, feminismo, direitos sexuais e direitos reprodutivos, cultura, arte, racismo, discriminações, teologia feminista, política, entre outros. Desta forma, contribuir para elevar a consistência crítica de mulheres e jovens, sobre autonomia, igualdade de gêneros e interseções.

O acervo está disponível para a população em geral, mas principalmente, destina-se a mulheres e meninas, integrantes dos movimentos feministas e de movimentos sociais e culturais, instituições de ensino, estudos e pesquisa em gênero e feminismo. Conta com cerca de 2mil obras, entre livros, teses, revistas, cartilhas, folhetos, audiovisuais e outros.

O empréstimo das obras se dá via associação, mediante uma contribuição espontânea para manutenção do acervo.

O Acervo Feminista Enid Backes está aberto para visitação todas as terças, quartas e quintas-feiras à tarde, das 14h às 17h, ou mediante agendamento pelo e-mail coletivofemininoplural@gmail.com. A bibliotecária responsável Daiane Lopez Peixoto está disponível para auxiliar nas pesquisas de livros didáticos e de literatura ficcional, cartilhas, teses e dissertações.

Todas as obras que compõem o acervo estão na plataforma BibLivre.

Para consultar o catálogo do Acervo Feminista Enid Backes, acesse:

http://acervoenid.ddns.net/Biblivre5/

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support